quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Dionísio

Derreto-lhe, é o pretexto da língua
Para o dito que é feitio
Assim avolumam-se

Escorrego-me, é o corpo que vacila
Entre idas e vindas
Círculos a conta-gotas

Provo-te, é o do sentido do sumo
Aguardo a vindima, inteiro e roliço
Depois lhe engulo como sommelier.

Karinne Santiago.

Danny Gibert








 

4 comentários:

  1. Vim indicada pelo face de Liria.

    Tudo tão lindo que acho que vou morar aqui...

    ResponderExcluir
  2. Mariana, por favor, seja bem-vinda!!

    Um abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  3. Eroticamente lindo...Elegantemente sensual!!!
    Uma visita valorosa fiz a tua casa...Beijos poéticos!

    ResponderExcluir

Vamos poeticar?!