sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Lilya Corneli


Reinvento destinos
Percorrendo os dedos
Entre seus cabelos escuros

E vejo mechas escorregarem
Realinhando minhas buscas
Outro norte

São lentos os movimentos
Como os dias quando me faltas
São descoordenadas as voltas
Quando não me dizes e sorri

E a textura dos fios em desalinho
Migra o afeto como resposta
Ensaiando curvas entre as raízes

Se um calafrio me assalta
E em minha pele transcrevo o desejo
Refaço todo carinho com um beijo.


Karinne Santiago.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos poeticar?!