segunda-feira, 20 de janeiro de 2014


Pierre Mornet








adormecer sem lembrança do dia
é perder a delicadeza dos cílios
sem piscar ao sol o que há de bonito.

Karinne Santiago.


2 comentários:

  1. Lianeide Mayara, a gente não pode perder nenhum rastro de vida... que invadam as frestas com muita luz!!! Beijos e obrigada pela leitura!!!

    ResponderExcluir

Vamos poeticar?!