sábado, 14 de setembro de 2013

Série: Coisas perdidas no computador

desconhecido



Deixei cair as contas daquela pulseira que fiz com nossos momentos especiais. Em cada tombo se ouvia nossas risadas e beijos, nossas juras em segredo, aquela canção que nos marcou. Saíram rolando por aí, perdendo-se entre os dias com tanta euforia por partirem que só assim entendi que as lembranças valem em liberdade muito mais que o patuá que montei de nós dois.

Karinne Santiago.

Manual

Ivan Palis


leio-te
com o sexo

não importa o quadril


Karinne Santiago

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

pendíamos partidas

Gregory Colbert









gostava dos seus lábios de fuga
encurtando nossas distâncias
em todo desenlace jurávamos
a próxima rota dos abraços

Karinne Santiago.

domingo, 8 de setembro de 2013

disfarce

Catrin Welz Stein



disfarçada do amanhã

a solidão vem nas asas do pássaro

a saudade
é uma pena dispersa

paira
até que lágrima.

Karinne Santiago