sábado, 9 de fevereiro de 2013

É a vida...

Xi Pan




Seu polegar procurou meus olhos. Pálpebras doloridas. Pressionou suas digitais em meus cílios. Empurrou meu pranto para o canto. E ele escorreu na pele borrada. Beijou suave o topo da minha cabeça. Segurou meu rosto com as duas mãos. E me sorriu canduras mais uma vez...

Karinne Santiago

extraviaram a tristeza

Marc Chagall






seus lábios adornam meu desejo
reescrevendo conceitos

encaixam-se precisos
como este nosso querer


Karinne Santiago
Marc Chagall








Escrevo mirando-te
Que penso fazer poesia

Quando nossos olhos se encontram
Deixa-me tão prosa

(rimos em rimas)


Karinne Santiago



Marc Chagall
Amanheceram luas
E meus olhos pesam estrelas

Deixou-me este costume
De sonhar

Que confundo o tempo
Anoitecendo sóis

Passarinho aturdido
Beija-flor dizendo-se amante.

Karinne Santiago.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Prosa Miúda -XVIII



Serge Marshennikov


inebrio fêmea me desculpando
ardo por acalanto dos lábios
aconchego o ventre nos dedos.


Karinne Santiago

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Prosa Miúda-XVII

Michael Cordiez



tomada por pequenas mortes
nasço entre rasgos e lençóis
rebatizo seu hálito em mim





Quem me acompanha: E. E. Cummings

Livro: p o e m (a) s
Tradução: Augusto de Campos
Editora Unicamp


eu estarei

A n d ando na rua de Seu

corposen t indoa oM euredor o tráfego de
belos;músculose x p i r a n d o D
erepent
E tangendo
a curvaação de
Seu-
....beIjo suas:mãos
Tocarão sobre,miM como
sons surd os OU des-con ex-as folHas flut u and o
de Horríveis árvores ou

Mesmo Mandolinas
o lh a-
pombos voa ndoe

vol(:estão, BoRrI,f,AnDo um in-stante com luzSolar
d e p o i s)v-
endo todos se vão NegroS voo-lve-ndo

so
bre
mInhAmíniMa


rua
onde
chegarás,


ao crep úsc ulo
n(ua e háu
m a lu
)a.


E.E. Cummings

anka zhuravleva