sexta-feira, 15 de novembro de 2013


Cristian Schloé


Deixou-me para revisitar o passado. Silencioso, nostálgico e vazio.
Tolo equívoco, opção ou sina. Do que preciso ao que pode ofertar-me?
Um gosto antigo das bocas que beijou. O corpo amarrotado pelos abraços anteriores...
Não os meus, os nossos.  Estes são anedotas e abrigos para solidão. O futuro não tem bússola.




Karinne Santiago

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos poeticar?!