sábado, 14 de setembro de 2013

Série: Coisas perdidas no computador

desconhecido



Deixei cair as contas daquela pulseira que fiz com nossos momentos especiais. Em cada tombo se ouvia nossas risadas e beijos, nossas juras em segredo, aquela canção que nos marcou. Saíram rolando por aí, perdendo-se entre os dias com tanta euforia por partirem que só assim entendi que as lembranças valem em liberdade muito mais que o patuá que montei de nós dois.

Karinne Santiago.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos poeticar?!