domingo, 19 de maio de 2013

estórias sobre minha quase morte



Emmanuelle Brisson



Quando as mentiras emprestadas pesam como verdades neste disse ou não disse diante do óbvio,  paira um certo cinismo no ar enlaçado com meias desculpas. Se o espetáculo não foi visto através de uma lágrima, ali, logo ali e onde poderia se deixar entender tantas mágoas, então é claro que não seria possível renascer algo qualquer. Porém, quando a peça era encenada como provocação da dúvida para que outros triunfassem covardemente é que se evidencia quanto a hipocrisia foi usada como alicerce... Tentativas vãs de restauração implicam em novas máscaras. Gostaria de pensar e me confortar que o tempo seria capaz de desfazer todo mal, mas quando ouço sua voz e percebo as palavras ainda revestidas de mesquinharia, volto a me deparar com o horror daqueles dias... 


Karinne Santiago

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos poeticar?!