domingo, 7 de abril de 2013

Quero esquecer o ontem

Disseram-me
(com tamanha violência)
que poesia é coisa ridícula

e
chorei

doeu nos dedos
no coração
na alma

passei o dia
com ecos
desta fala
e
com os olhos da agressão
me sorrindo perversidades

e
mais chorei

entendi que a brutalidade dos homens
se alimenta de mesquinharias

Karinne Santiago










2 comentários:

  1. É não. "A poesia é inútil". Não está a venda, a alma nem. São poetas e poemas serviçais de ninguém.

    ResponderExcluir

Vamos poeticar?!