quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Prosa Miúda- XVI


Martha Syrko







há uma lágrima retida
naquela gola de organza
onde jazem nossos beijos

Karinne Santiago.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos poeticar?!