sábado, 11 de fevereiro de 2012






Vem, passeia em mim
Lentamente, conte-me seus versos
Acalenta-me em rima
Inspira-me...
Vem, em segredo noturno descansar seus sonhos
Repousar seu corpo de juras desfeitas
Neste seio farto para amar
Prenda-me...
Vem, escorregue em mim seus desejos
Aconchegue-se provocativo
Em miragem e fantasias
Reveste-se de alegria
E finda a solidão dos seus dias

Karinne Santiago

Meu lindo amigo e poeta, Joaquim Vale Cruz com sua generosidade e sensibilidade me presenteou com o que ele chamou de versão masculina da  minha poesia e ficou maravilhoso...

Que poema mais lindo o seu Karinne e se me permite aqui vai a versão masculina:

Se eu pudesse em ti passear
Em meus versos e rimas diria
Todo o gozo que te iria dar
No percurso que em teu corpo faria

Em ti viveria meus eternos sonhos
Acalentando a minha rima em teu corpo
Das minhas fantasias, os percursos risonhos
Fazendo os dois, por fim chegar a bom porto

E ao repousar em teu corpo de juras desfeitas
Em teu seio farto, em amores me perdia
Em movimentos excitantes, em carícias perfeitas
No escorregar de teu humor que do ventre saia

Por fim em aconchego tão provocativo
Eu terminava a solidão destes meus dias
Ao deixar dentro de ti, do meu amor, o motivo
E em tão bela miragem, satisfazer fantasias

JVC – FB - 2012-02-12
Bjinhos




Grata e feliz...um beijo em seu coração, querido!!!!!