quinta-feira, 29 de novembro de 2012

estudo sobre salinidades




o suor
desmanchou-se
na lágrima
deste desgosto
descobri
que a dor
não só amarga
pois tanto fiz
ao entregar-me
que hoje escorro
em salinidades

verso terno
borda na pele
como maresia
que volta a escorrer
novos sais
ao tempo da onda
assalto em ferrugem
o agasalho marinheiro
por tantas rotas
em salinidades

Karinne Santiago



Imagem: Angela Bacon Kidwell

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos poeticar?!