domingo, 28 de outubro de 2012

diálogo sobre miragem e cantigas noturnas


Para Assis Freitas





passamos a noite
eu, fingindo ser lua
ele, convidado palavras
confundimos estrelas cadentes
eu, fiz um pedido
ele, reticências
rimos diante do impasse
eu, sonhando acordada
ele, versando cantigas
ninamos distâncias
em miragem de ausências


Karinne Santiago

2 comentários:

Vamos poeticar?!