segunda-feira, 9 de julho de 2012

"ENSAIO"

* Ensaios... apenas uma inspiração nova...beijos!





Daquela noite lembro-me dos pequenos detalhes,
tais quais as estrelas que lançam seus brilhos parecendo despretensiosos.

Nossos risos e nossos passos no asfalto molhado eram nossa trilha sonora.

Por vezes, nossos braços se tocavam.
Um breve encontro e era o bastante para sobrecarregar meu coração de desejo. Estremecia...

Solvia sua voz. E dentro de mim, ela me preenchia. Tinto hálito doce.

Não me recordo se éramos os únicos passantes.
Não sei por quantas horas desejei que me tomasse em seus braços.
Pensamento constante. Uma oração sem santo.

Quando silenciávamos era ainda mais difícil respirar.

Brincava com meu anel. Girava-o. Arrastava-o até metade do dedo e voltava a encaixá-lo. 
Olhava o vermelho em minhas unhas. E pelo calor em meu rosto imaginava ser o tom da minha pele.

Nosso jogo de seduzir por trocas de bilhetes, frente a frente, travessura de criança. Ousadia perdida.

A brisa desalinhava meu coque deixando uma mecha pela nuca.
Tocava-me de leve como os dedos de algum cupido traquino ou aprendiz. Reforçava o arrepio.

Paramos numa esquina. Cardeais.
Rimos ainda mais. Parecíamos esperar nossa vez de continuar...


Karinne Santiago