quarta-feira, 20 de junho de 2012

Camafeu (parte II)




Marias
Terezas, Luzias
Paulas
Anas, Elsas
Cidas

Em quantas graças
Reveste-se alva
Os versos aveludados
Desenhados em tela
Pálida
Conspiração de luares

Desmonte o monte
Fios descem a tez
Suavemente
Amparados no tempo
Emudecem a brisa
O brilho
O encanto

Trama da prata
Moldura
Enrosca na gola
Rebate no colo
Fixa-se contra pele
Desvenda aromas
Íntimo arrepio
Enternecida de beleza

Karinne Santiago